O melhor Pato à Pequim de Lisboa

quanjude, lisboa, restaurante chinês, pato à pequim

Gosto muito da gastronomia chinesa, mas confesso que este tipo de comida me sabe “sempre ao mesmo”, independentemente do restaurante. Isso mudou quando conheci o Quanjude*, um dos mais recentes restaurantes chineses de Lisboa.

Para além de ter o melhor Pato à Pequim de sempre, o restaurante brinda-nos com uma magnifica carta onde se encontram variadíssimas especialidades de Sichuan, uma província do sudoeste do país.  Com muito chilli e as tradicionais “três pimentas” da China – piri-piri, pimenta de Sichuan, e pimenta preta – o resultado de quem experimenta esta culinária é uma festa para o palato; uma mistura de sabores intensos que deixam a boca picante, aromatizada e ligeiramente dormente (eu não grande fã de picante mas confesso que a comida fica muito interessante com uma pitada qb).

quanjude, lisboa, restaurante chinês, pato à pequim

Entre os pratos clássicos de Sichuan, as caçarolas ou os pratos de marisco, destacam-se  o pote picante, peixe grelhado à Zhuge, caçarola de vitela, galinha picante com amendoim, caranguejo picante, tofu à mapo ou as gambas picantes, entre outros. Sendo uma culinária riquíssima e complexa, nem só de picante é feita a culinária de Sichuan.

Camarão salteado, quanjude, lisboa, restaurante chinês, pato à pequim

Uma refeição típica desta região inclui também pratos não-picantes de forma a atenuar as sensações como tiras de porco com molho Pequim, entrecosto agridoce, vieras lótus a vapor com molho de alho, bolinhos crocantes de camarão ou caçarola de couve e gambas.
Para quem se deleita com uma profusão de especiarias, mas tem pouca tolerância ao picante não faltam, portanto, no Quanjude vários pratos para degustar.

quanjude, lisboa, picante, restaurante chinês, pato à pequim
quanjude, lisboa, picante, restaurante chinês, pato à pequim

*O nome Quanjude remonta a 1864, na era da Dinastia Qing, quando Yang Quanren, um vendedor de galinhas e patos da Praça Tiananmen decidiu abrir um restaurante especializado em pato assado. Com o passar dos anos o restaurante apostou em criar uma receita de pato assado para servir a família imperial. A receita tornou-se um sucesso sendo posteriormente democratizada para toda a população, sendo atualmente o Quanjude uma prestigiada cadeia de restaurantes na China.
Em 2017, o Quanjude chega pela primeira vez à Europa, mais concretamente a Lisboa (Parque das Nações), pela mão de um grupo de amigos apreciadores de boa comida, dos sabores tradicionais e da cultura gastronómica chinesa.
Segundo um mestre de Feng Shui, Quanjude simboliza perfeição, união, benevolência e virtude.

SHARE:
0 comments so far.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*