Victoria’s Secret: A Desilusão

Erin Heatherton, victoria's secret, musse, musse blog
É uma pena, mas a minha simpatia pela Victoria’s Secret tem vindo a desaparecer aos poucos. E acho que agora foi a gota d’água. Como é que alguém diz a uma mulher como esta que está na foto para emagrecer? Pior ainda quando quem o diz é uma marca com tanto reconhecimento e influência como a Victoria´s Secret. Não se admite. Esta ex-angel da marca (Erin Heatherton) admitiu que deixou a empresa por não aguentar mais as suas exigências: pediram-lhe mais do que uma vez para perder (ainda) mais peso. Really?
“Nos meus dois últimos espetáculos da Victoria’s Secret disseram-me para perder peso. Olho para trás e penso: ‘a sério?!’. Estava mesmo deprimida porque estava a trabalhar muito e senti que o meu corpo me estava a resistir. Cheguei a um ponto em que, numa noite, cheguei a casa vinda do treino e lembro-me de olhar para a minha comida e pensar que se calhar não a devia comer”.  A publicação referiu ainda que a modelo fazia exercício duas vezes por dia e só ingeria comida saudável.

É triste que as grandes indústrias da moda darem a entender que beleza é sinónimo de magreza extrema, de transmitirem imagens que não são reais e excluírem modelos que aparentam um corpo saudável e feliz. Sempre achei que a Victoria’s Secret era mais show off que outra coisa, mas adiante. Ainda bem que alguém tem coragem de vir a público dizer estas coisas, até porque ela não deve ter sido a única a sair da marcar por estes motivos.

O que me conforta são algumas marcas que têm vindo a surgir e que fazem o oposto da Victoria’s Secret: não usam Photoshop nas campanhas e as modelos são como são: umas mais cheinhas, outras menos, mas sobretudo saudáveis e felizes. Aliás, eu há uns tempos escrevi um post acerca da que é agora a principal concorrente da Victoria´s Secret: a marca de lingerie Aerie, da qual sou totalmente fã. E parece que a marca tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos. A Victoria’s Secret que se ponha a pau!

Os Porquês | Viviana Moita

Este irá ser o meu primeiro artigo para vocês, e por isso conto-vos um pouco da minha história…assim podem enquadrar um pouco melhor os meus próximos artigos.

Tenho uma grande paixão: trabalhar com pessoas e por causa disso tirei duas formações – Sociologia e Desporto. Durante sete anos trabalhei em grandes cadeias em Portugal e vim para São Paulo procurar intensificar a minha realidade e formação desportiva. Neste lado do mundo, o desporto é visto como essencial, único, e parte integrante da vida de cada um. Precisam de malhar tanto quanto precisam do sol para recarregar energias…e porquê?
A nível científico, as provas de que ao treinares os níveis de dopamina e serotonina aumentam, são mais que muitas! E não é preciso muito…apenas 20 minutos de corrida leve é suficiente para disparar os teus hormónios da felicidade. Para além destes factos e de poderes ver o teu corpo moldar-se como queres, em cada experiência de sucesso nos treinos, aumenta passo a passo a tua auto-confiança, levando-te a um desempenho cada vez melhor!
Por isso, não serás apenas mais atlético e fit, mas também positivo, confiante – e mais feliz!!

Viviana Moita

Facebook: https://m.facebook.com/profile.php?id=1386973808286963
Instagram: vivana_moita_desporto
Email: viviana.moita@gmail.com

Viviana Moita, São Paulo, Brasil, desporto, vida saudável, musse blog

Hello Spring! Bye Bye Skinny Jeans

Parece que agora é de vez, nem que seja por algum tempo. As skinny jeans já deram o que tinham a dar e a boa notícia é que há já vários substitutos (e bem giros, por sinal!).

Um dos modelos mais in do momento são os chamados Mom Jeans (surgiram na década de 80 mas só ganharam força nos anos 90). Têm cintura subida, corte reto, são levemente largos mas com a boca da calça mais justa, e a ganga é mais rija. Regressaram de fininho no Verão passado e agora é a peça hit entre as fashionistas, principalmente das que são adeptas do estilo minimalista. Podem ser usados com sapatos rasos ou ténis, se bem que para as baixinhas ficam melhor com saltos (este modelo “tira” um pouco de altura).

Kendall Jenner, Mom Jeans, musse blog

jennifer aniston, mom jeans, 90s, musse blog

Culottes – É um dos meus modelos favoritos. Também de cintura subida, é justo em cima e bem largos em baixo (parece quase uma saia). A bainha é acima do tornozelo. Adoro vê-los combinados com um top cropped mais justo! Para o trabalho podem usá-las com camisas e blusas (metidas por dentro das calças), ténis ou sapatos de salto alto.

Rihanna, culottes, musse blog

Katherine Heigl, culottes, street style, musse blog

As Flare Jeans ou “calças à boca de sino” voltaram em força no ano passado e este ano a moda dos anos 70 vai continuar. Podem combiná-las com camisas e blusas fluídas (metidas por dentro das calças) e sapatos de plataforma (não ficam bem com saltos rasos).

alessandra ambrosio flare jeans, musse blog

jessica alba flare jeans, musse blog

Serei a única farta dos Stan Smith?

Não tenho nada contra estes ténis, muito pelo contrário. Eles são, de facto, lindos e cheios de estilo, mas infelizmente já estão a ficar ultrapassados (por abuso da sua utilização). Quando eles regressaram há já bastante tempo atrás e poucas pessoas usavam, lembro-me de ter adorado. Mas desisti de comprar uns para mim quando comecei a vê-los em todo o lado. E agora é um exagero, mesmo. São aos grupos com o calçado todo igual, eles e elas! Não há quem aguente. (Se comprar acho que vou guardar e usar mais tarde quando a “febre das Stan Smith” passar).

Hoje em dia a moda é tão democrática e há tantas opções para todos os gostos que não há desculpas para toda a gente andar de igual. 

E  por falar nisto, vejam lá se estes  da nike não são um espanto também (e muito menos vistos, por enquanto). Foi o meu primo Manny (que vive nos EUA) que me mostrou há uns meses e eu amei. Os Nike Cortez (o primeiro modelo de ténis criado pela marca) surgiram no início dos anos 70 e ficaram eternizados no filme Forest Gump (na sua versão branca, azul e encarnada). Os outros modelos também são lindos mas são estes que me fazem perder a cabeça. 

nike cortez, musse blog

nike cortez, musse blog

Forrest Gump

Farrah Fawcet, Nike cortez, musse blog

A atriz Farrah Fawcett

O Dia da Mulher é todos os dias

Passei literalmente o dia de hoje com esta linda criatura. Primeiro a trabalhar e depois a meter a conversa em dia (já não estávamos juntas há dias suficientes para haver assunto durante horas). Não é minha amiga de infância mas sinto que a conheço desde pequena.

E pronto, por tudo isso e muito mais aqui fica um testemunho do dia de hoje, que por acaso até foi o Dia da Mulher mas poderia ter sido outro dia qualquer.

Vânia Rodrigues e Rita Pestana, amigas, it girls

Top 3: os melhores vestidos dos Óscares 2016

A red carpet da noite dos Óscares exige, acima de tudo, elegância e bom gosto. E estes três vestidos foram, para mim, o reflexo desta máxima.

Qual foi o vosso favorito?

Cate Blanchet oscars 2016

Cate Blanchet in Armani Privé

Charlize Theron oscars 2016

Charlize Theron in Christian Dior

Olivia Munn, oscars 2016

Olivia Munn in Stella McCartney