Tag Archives: nutrição

8 motivos para bebermos mais água

Posted on by 0 comment

Obrigada Viviana por mais um artigo tão interessante e tão atual. Todos sabemos que a água faz maravilhas ao nosso organismo, mas depois de lerem este texto tenho a certeza que as motivações para consumir água vão ainda maiores.

água, water, magic water, viviana moita, musse blog

Falo-vos deste tema, pois é negligenciado por muitos quando deveria ser um pensamento constante. Afinal, podemos sobreviver semanas sem comida, mas apenas três sem água.

Dou-vos 8 motivos pelos quais devem ingerir entre 1,5L a 3L de água por dia:

1. A água compõe 85% do nosso cérebro, 80% do nosso sangue e cerca de 70% da nossa massa muscular;

2. O nosso corpo tem dificuldade em obter água de outras formas, para além da forma comum (sermos nós a ingeri-la). Além disso, é bom sabermos que o álcool “rouba” a nossa hidratação, e bebidas como o café e o chá são diuréticas, logo fazem praticamente a mesma coisa.

3. A água é essencial para a própria digestão, absorção de nutrientes e reacções químicas. Os hidratos de carbono e as proteínas que o nosso corpo utiliza como comida são metabolizados e transportados pela água no nosso sangue.

4. Ajuda o nosso corpo a libertar-se do “lixo” que consumimos, através da respiração, urina e por aí adiante. Os rins, o fígado e os nossos intestinos usam-na para se livrarem de tudo o que basicamente não presta.

5. Regula o nosso sistema de arrefecimento corporal. Isto quer dizer que ela é responsável por nos baixar a temperatura corporal e nos ajudar a manter o exercício físico por mais tempo.

6. É peça essencial na remoção das toxinas do nosso corpo. Reduz o apetite de forma natural pois retira as toxinas do nosso trato digestivo, e isso leva a uma diminuição dos depósitos de gordura…brutal não?

7. Os níveis de oxigénio ficam mais elevados quando temos um nível de hidratação adequado. E quanto maior o nosso nível de oxigénio mais gordura o nosso corpo queima…

8. Mantém os nossos tecidos e articulações hidratados, permitindo que nos movimentemos o melhor possível. A água faz com que toda a elasticidade inerente ao tecido conjuntivo (ligamentos) das articulações se mantenha.

Bom, acho que o importante está escrito, só falta mesmo uma pequena dica: sempre que sentirem os olhos, nariz ou boca seca, é o nosso corpo a alertar-nos que há falta de hidratação interna há algum tempo…ou seja, toca a beber mais um copo de água 😉

Instagram: viviana_moita_desporto

Facebook: Viviana Moita-Desporto

A Alimentação nos primeiros 1000 dias de vida

Posted on by 0 comment

vânia rodrigues, blogger, workshop, nestlé, bebés, alimentação

Recebi um convite para fazer um Workshop na Nestlé (para jornalistas e bloggers) sobre a importância da alimentação nos primeiros 1000 dias de vida do bebé. Apesar de ainda não ser mãe, achei o tema super interessante. Além de que o saber não ocupa lugar, sei que um dia me vai dar um jeitão saber estas coisas.

Os convidados não podiam ter sido outros: o psicólogo clínico Eduardo Sá, a pediatra Rute Neves do Hospital Dona Estefânia e a nutricionista Helena Canário. Estivemos ali durante horas e horas (mais do que o suposto) e a sensação que tive foi que o tempo passou a voar. Aprendemos bastante e lembro-me de pensar: todas as mães e futuras deveriam estar a ouvir isto!

OS GENES

Sabiam que os 500 dias antes de engravidarmos até ao 2º ano de vida do bebé influenciam a saúde do bebé para o resto da vida? Todos sabemos que somos aquilo que comemos, o que eu não sabia é que também sou aquilo que a minha mãe e as minhas avós comeram (agora já sei porque é que tenho uma saúde de ferro!) Pois é, a nossa responsabilidade torna-se agora maior quando sabemos que o que comemos mesmo antes de engravidar vai definir a saúde do nosso bebé para sempre. Cada vez que penso nos desastres que faço tantas vezes…enfim!

A OBESIDADE E A PROTEÍNA

Mas o que sempre me chocou e continua a chocar é a obesidade das crianças em Portugal (cerca de 32% das crianças são obesas!) e claro que esse foi um dos temas mais falados. Até porque, preparem-se, o açucar não é o melhor amigo da obesidade nas crianças, mas sim, a proteína! A proteína tem multi-funções e é super importante, mas consumida na dose certa. E o que acontece é que os bebés hoje em dia consomem duas vezes mais proteína que necessitam, sendo que a dose diária recomendada é no máximo 30g. É um regalo, de facto, olhar para um bebé super rechonchudo, mas a coisa muda de figura se pensarmos que se o bebé/ criança for obeso, vai ter muitas dificuldades em controlar o excesso de peso em adulto.
Comer bem não é comer em demasia. Nem todos os bebés precisam de comer a mesma quantidade de comida; todos temos necessidades diferentes. Desde que ele esteja a ter um desenvolvimento saudável para a idade, não é preciso haver alarmes. Mas eu acho e sempre achei que muitas mães vivem obcecadas com a alimentação dos filhos e acham que eles devem comer e comer e comer e comer. E é claro que se o bebé for habituado a comer essas doses, certamente vai ser muito difícil diminuir um dia a quantidade de comida. Ah, e se o bebé acorda naturalmente durante a noite para comer, não é fome. São distúrbios de sono!

AS FÓRMULAS DE TRANSIÇÃO

O leite materno é, sem dúvida, a melhor fonte de alimentação durante os primeiros seis meses de vida. Se não for possível o aleitamento materno, recorre-se às fórmulas de transição, todas elas derivadas do leite de vaca que é altamente rico a nível proteico (muito mais elevado que o leite materno). E o problema aqui é que estas fórmulas são feitas para se assemelhar o mais possível ao leite materno, e se lhe retirarmos níveis de proteína, estariam a faltar também outros nutrientes essenciais. No entanto, esta questão está a ser investigada em alguns laboratórios, nomeadamente pela Nestlé, para que se consiga desenvolver uma fórmula infantil que mantenha os níveis de proteína semelhantes aos do leite materno sem comprometer os restantes nutrientes. Hoje em dia, o nível de proteína adequado numa fórmula infantil é até 1,8g por cada 100cal.

workshop, cerelac, livro, alimentação

Presentes oferecidos pela Nestlé!