03/02/2016

Como o Feng Shui pode mudar a nossa casa (e a nossa vida)

Já ouço falar do Feng Shui há alguns anos. Achava interessante o que ia lendo, embora nunca tivesse colocado nada em prática. Foi preciso alguém da família se ter tornado especialista da área para eu perceber a verdadeira importância do Feng Shui nas nossas vidas. Vocês podem não acreditar, mas ele tem feito maravilhas no meu dia a dia desde que lhe comecei a dar mais atenção e a seguir alguns conselhos. A forma como “tratamos” a nossa casa tem uma influência enorme em nós (fisicamente e mentalmente) e no que acontece na nossa vida.

Para quem não sabe, o Feng Shui é uma arte milenar chinesa com mais de 4 mil anos, que nos dá alternativas para melhorar a energia do ambiente onde vivemos e trabalhamos, através do equilibrio do Yin e do Yang e da harmonização dos cinco elementos – Água, Árvore, Terra, Fogo e Metal (isto dito muito muito sucintamente).

Fiz na semana passada um Workshop de Feng Shui dirigido por Cândida Peixoto, e fiquei ainda mais entusiasmada com o tema.  Aprendi bastante, como por exemplo, aplicar o Baguá na planta da minha casa. Através do Baguá ficamos a saber a que área da vida corresponde cada zona da nossa casa (área da família, área do sucesso, área dos relacionamentos, área da saúde, área da criatividade, área da fama etc). É incrível como tudo fica a fazer sentido e como pequenas mudanças podem melhorar tantos aspectos da nossa vida e daqueles que vivem connosco.

Posso deixar-vos aqui algumas dicas básicas e fáceis de concretizar: espelhos no quarto nunca – eles reflectem a energia e o quarto deve ser o mais zen possível para não atrapalhar o sono. No quarto do casal tenham só fotos do casal: nada de fotos de familiares ou amigos (a mim parece-me óbvio). Deitem fora aquilo que já não usam e que está em casa só porque sim. “Destralhar” é uma das formas mais eficazes de harmonizar e transformar a nossa vida:  no Feng Shui, considera-se que só faz sentido aplicar as técnicas de cura do espaço quando este está organizado e limpo de acumulação de tralhas.

E para ficarem a saber muito mais façam um Workshop de Feng Shui, ou mesmo uma consulta personalizada (eu já fiz e adorei). É um tema muito complexo que vale a pena conhecer e aprofundar.

Deixo-vos aqui um site dedicado inteiramente a esta área, para quem estiver interessado (cuidado que há muita coisa escrita errada na internet sobre o Feng Shui). A página ainda é muito recente mas traz muitas surpresas e boas dicas!

http://fenixfengshui.com/ 

https://www.facebook.com/Fenix-Feng-Shui-145525875825596/?fref=ts 

workshop feng shui, cândida peixoto, musse, musse blog

Workshop de Feng Shui dinamizado por Cândida Peixoto

 

*Espécie de mapa usado pela Escola do Chapéu Negro do Feng Shui. É constituído pelos oito trigramas básicos que representam as áreas da vida humana e relacionam-se com os cinco elementos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

latest vlogs